OK We use cookies to enhance your visit to our site and to bring you advertisements that might interest you. Read our Privacy and Cookies policies to find out more.

News Brazil

Para a sua tese de doutorado, a aluna da Örebro, Sravya Nakka investigou novas formas de prevenção e diagnóstico de infecção e periodontite por P. gingivalis. (Foto: Universidade de Örebro)
0 Comments Feb 28, 2017 | News Brazil

Estudo: Bacteriocina inibe a P. gingivalis e estimula a cicatrização de tecidos

Post a comment by Dental Tribune International

ÖREBRO, Suécia: Na investigação de novos métodos de diagnóstico e prevenção de infecção e periodontite por Porphyromonas gingivalis, um estudo sueco examinou os efeitos da bacteriocina PLNC8 αβ, um peptídeo antimicrobiano produzido pelo Lactobacillus plantarum cepa NC8. A análise mostrou que a PLNC8 αβ inibiu o crescimento de P. gingivalis e simultaneamente estimularam a liberação de fatores de crescimento de células envolvidas no tecido e cicatrização de feridas.

Bacteriocinas são toxinas proteicas que são secretadas por bactérias e são capazes de matar células de outros suscetíveis e frequentemente relacionadas cepas bacterianas. À luz de um número crescente de infecções causadas por bactérias resistentes aos antibióticos, bacteriocinas podem ser consideradas uma alternativa eficaz aos antibióticos tradicionais e podem ajudar a resolver o grave problema da resistência aos antibióticos, tem sugerido a investigação.

No atual estudo, Sravya Nakka, doutoranda na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Örebro na Suécia, investigou o efeito da PLNC8 αβ na periodontite patógeno P. gingivalis. Ela constatou que a PLNC8 αβ inibiu o crescimento da P. gingivalis, ao mesmo tempo em que estimula a liberação de fatores de crescimento de células envolvidas no tecido e cicatrização de feridas. Além disso, ela não observou efeitos citotóxicos em células humanas no estudo.

"Os antibacterianos e efeitos proliferativos da PLNC8 αβ sugerem uma potencial capacidade desses peptídeos na prevenção e tratamento da infecção por P. gingivalis", Nakka concluiu. No entanto, estudos adicionais são necessários para esclarecer os mecanismos envolvidos e para demonstrar as aplicações terapêuticas desses agentes no uso clínico, enfatizou.

Expandindo sua pesquisa, Nakka agora planeja investigar os efeitos da bacteriocina em outros tipos de infecções. Além disso, ela vai iniciar os testes da aplicação de peptídeos antimicrobianos em ensaios clínicos.

A tese de doutorado de Nakka, intitulada “Desenvolvimento de Novos Instrumentos para a Prevenção e o Diagnóstico de Infecção e Periodontite por Porphyromonas gingivalis”, pode ser acessada aqui.

Related Content
Post a comment Print  |  Send to a friend
0 Comments
Join the Discussion
All comments are subject to approval before appearing. Submit Comment