OK We use cookies to enhance your visit to our site and to bring you advertisements that might interest you. Read our Privacy and Cookies policies to find out more.

News Brazil

A Australian Dental Association lançou um aviso sobre os riscos de se envolver em Turismo odontológico (Foto: Alex_Alekseev/Shutterstock)
0 Comments Aug 25, 2017 | News Brazil

ADA destaca riscos de turismo odontológico

Post a comment by Dental Tribune International

SYDNEY, Austrália: Com o custo do tratamento odontológico apresentando uma barreira significativa para muitos australianos, alguns podem considerar o turismo odontológico – viajar para outro país para ser submetido a um procedimento odontológico – uma opção cada vez mais viável. Com isto em mente, a Australian Dental Association (ADA) foi solicitado a emitir um aviso sobre os riscos que podem acompanhar essa decisão.

Turistas odontológicos australianos tendem a viajar para uma grande variedade de lugares para os procedimentos mais baratos, desde os locais agitados do Sudeste Asiático como Bali e Tailândia para destinos do leste europeu. Embora não seja de modo algum ilegal a execução de procedimentos odontológicos realizados fora da Austrália – e o custo inicial do tratamento pode ser relativamente barato – muitas vezes podem ser complicações imprevistas que são incapazes de serem tratadas eficazmente no transcurso de tempo do período no exterior, o ADA advertiu.

"A decisão de se tornar um turista odontológico geralmente vem para devido a um único e simples aspécto – de poupar dinheiro", disse Dr Michael Foley, vice-presidente do Comité de Saúde Oral da ADA.

"Embora seja verdade que você possa economizar algum dinheiro a curto prazo, a realidade é que as coisas podem dar errado e toda aquela economia esperada pode desaparecer rapidamente e acabar por custar mais do que as próprias férias".

Além de complicações de procedimentos, turistas odontológicos podem estar sujeitos a padrões de qualidade menos severos e materiais de qualidade inferior em comparação com o da odontologia australiana. Se um paciente está insatisfeito com o trabalho realizado no exterior, o ADA alertou, às vezes pode ser extremamente difícil reparar satisfatoriamente e pode levar à extração dos dentes afetados.

"Complexos procedimentos médicos ou odontológicos não devem ser feitos ao longo de um feriado", disse Foley.

"Se você tiver a necessidade de um tratamento médico ou procedimento complexo, é melhor faze-lo na Austrália onde você pode ter a certeza da segurança e de normas de qualidade do lugar e da certeza de seguimento".

Related Content
Post a comment Print  |  Send to a friend
0 Comments
Join the Discussion
All comments are subject to approval before appearing. Submit Comment